sábado, 26 de setembro de 2009

Honda NXR 150 Bros Mix 2010


Primeira motocicleta on-off road com tecnologia bicombustível

Honda reforça seu pioneirismo ao colocar no mercado a primeira motocicleta de uso misto que roda com álcool, gasolina ou com a mistura de ambos

Versatilidade e economia são duas das principais características da NXR 150 Bros que a tornaram sucesso de vendas no Brasil. Agora estes dois atributos ganham ainda mais força com a apresentação de sua versão Mix. O modelo é o primeiro da categoria on-off road que funciona com álcool, gasolina ou com a mistura de ambos em qualquer proporção.

A novidade ratifica o pioneirismo da Honda, responsável pelo desenvolvimento e comercialização da primeira motocicleta do mundo com tecnologia bicombustível – a CG 150 Titan Mix, lançada em março deste ano e que serviu como base para a construção do novo sistema de alimentação da NXR 150 Bros Mix.

Além de atender às expectativas dos consumidores, proporcionando-lhes liberdade na escolha do combustível a ser utilizado e possibilidade de economia financeira, o modelo acompanha a estratégia mundial da Honda para a preservação do meio ambiente. Isto porque, quando comparado à gasolina, o álcool tem a vantagem de ser uma fonte de energia renovável e menos poluente.

Assim como a CG 150 Titan Mix e diferentemente dos automóveis “flex” disponíveis no mercado, a NXR 150 Bros Mix não utiliza subtanque para a partida a frio. Fatores como otimização do espaço e aumento da segurança levaram a Honda a optar por um sistema que permitisse o armazenamento da gasolina diretamente no tanque da motocicleta. Por isso, em casos de temperatura ambiente abaixo dos 15ºC, recomenda-se que ele contenha no mínimo 20% de gasolina para que se garanta a partida a frio.

Com que combustível eu vou?

No momento de abastecer a motocicleta, o usuário deve avaliar suas necessidades e prioridades e a variação de preço entre os combustíveis em sua região. Quando abastecida com álcool, a potência chega aos 14 cv a 8.000 rpm e o torque, a 1,53 kgf.m a 6.000 rpm. No caso da gasolina, esses valores ficam em 13,8 cv de potência e 1,39 kgf.m de torque.

Vale lembrar que, independentemente do combustível utilizado, a NXR 150 Bros Mix atende com folga aos limites de emissões de poluentes estabelecidos pela terceira fase do Promot (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares).

Entenda o sistema Mix

O sistema Mix é coordenado por um ECM (Electronic Control Module - Módulo de Controle Eletrônico) exclusivo, interligado a sensores que monitoram o desempenho do motor e transmitem informações sobre a mistura utilizada. De acordo com os dados fornecidos, o ECM ativa um dos quatro programas de funcionamento abaixo:

Programa 1: Tanque abastecido apenas com gasolina
Programa 2: Tanque contendo gasolina e álcool na mesma proporção
Programa 3: Tanque contendo maior quantidade de álcool
Programa 4: Tanque abastecido apenas com álcool

O sensor de oxigênio, localizado na saída do motor, faz a leitura dos gases queimados e passa a informação ao ECM. Com base no mapa de funcionamento escolhido, o ECM transmite as informações ao bico injetor, que fornecerá a quantidade adequada de combustível para a queima, levando-se em conta a mistura utilizada, e acertará o ponto de ignição – adiantando-o no caso do álcool e atrasando-o no caso da gasolina.

O que mudou

Para adequar a Bros Mix à utilização do álcool, algumas alterações técnicas foram necessárias.

O bocal interno do tanque agora possui tela antichamas, para evitar a propagação de fogo de fora para dentro. O sensor de oxigênio conta com um aquecedor, permitindo a perfeita leitura dos gases já na primeira partida. O bico injetor exclusivo permite maior vazão, enquanto o filtro de combustível secundário possui maior capacidade de retenção de impurezas e evita o entupimento do bico injetor.

O gerador e o motor de partida foram adequados para atender ao maior esforço provocado pela partida a frio. O tratamento interno do tanque, do potenciômetro do marcador de combustível e da bomba de combustível foi alterado para suportar o funcionamento com álcool.
O painel, além de ter fundo na cor verde para se diferenciar da versão a gasolina, traz as lâmpadas indicadoras “MIX” e “ALC”, que têm como função alertar e orientar o motociclista quanto à mistura de combustíveis utilizada e à partida a frio.

Quando as duas luzes estiverem apagadas, significa que a partida é possível em qualquer temperatura. Se a "MIX" estiver acesa, o usuário deve abastecer sua motocicleta com um mínimo de dois litros de gasolina. Caso a "ALC" esteja acesa, é preciso adicionar pelo menos três litros de gasolina. Se, ao ligar a chave de ignição, a lâmpada "ALC" piscar, significa que a temperatura ambiente é baixa e que o teor de álcool no tanque é alto – o que pode dificultar a partida.

Já em caso de pane seca, é necessário que o usuário abasteça a motocicleta com no mínimo 50% de gasolina para que o sistema volte a funcionar adequadamente o mais rápido possível.

Para tornar estes procedimentos mais fáceis para o usuário, há no tanque uma etiqueta explicativa e didática, que instrui quanto à quantidade de gasolina que deve ser adicionada ao tanque de acordo com cada situação.

Perfeita para o motociclista brasileiro

A NXR 150 Bros conquistou os consumidores com características como facilidade de pilotagem, conforto acima da média, design aventureiro, diferenciação perante os modelos street utilitários, fácil manutenção, resistência, segurança, alto valor de revenda e versatilidade – esta última ampliada devido à liberdade de escolha do combustível proporcionada pelo sistema Mix.
Design aprovado

Em maio deste ano, foi lançado o modelo 2009 da NXR 150 Bros Standard, que trouxe para o consumidor uma motocicleta totalmente renovada tanto técnica quanto visualmente. Seu novo design, desenvolvido especificamente para o público brasileiro, foi bem recebido. Prova disso são os dados de comercialização: em apenas cinco meses foram vendidas quase 50 mil unidades, sendo que em junho alcançou-se o recorde mensal de emplacamentos.

A NXR 150 Bros Mix transmite robustez, resistência e modernidade. Na dianteira, o farol é integrado ao paralama, que possui vincos remetendo à esportividade. O conjunto óptico frontal, com ampla capacidade de iluminação, é composto por moderno farol, refletores multifocais e lente de policarbonato. Na traseira, a lanterna garante melhor visibilidade e traz, integrado a ela, o suporte de placa.

Os espelhos retrovisores, com formato oval, oferecem ótimo campo de visão e são, ao mesmo tempo, compactos e seguros.

O tanque tem capacidade para armazenar 12 litros de combustível (com 2,3 litros de reserva). As tampas laterais, integradas a ele e ao protetor de escapamento, levam o grafismo “Mix Fuel Injection”.

Para ampliar o conforto, a Bros Mix conta com assento ergonômico em dois níveis, que permite melhor encaixe das pernas junto ao tanque de combustível. A altura do assento é de 830 mm e a largura da motocicleta é de 810 mm, garantindo facilidade para apoiar os pés no chão. O guidão também contribui com uma posição de pilotagem agradável e menos cansativa.

O amplo bagageiro, com alças largas, garante conforto e segurança para o garupa e favorece a acomodação de carga, por possuir pontos de fixação pré-definidos para a instalação de bauleto (disponível no mercado). Fabricado em alumínio e nylon de alta resistência, o conjunto bagageiro/alça substitui a rabeta e o paralama traseiro da motocicleta.

O painel de instrumentos traz, além das luzes “MIX” e “ALC”, marcador de combustível, luz de advertência da injeção eletrônica, hodômetros total e parcial, luzes de farol alto e indicadores de direção e de neutro.

13 Comentários:

kerro disse...

muito boa moto

Anônimo disse...

a unica coisa que falta para ficar perfeita e o in dicador de marchas para pessoas como eu que não gostam de guardar em que marcha esta

Anônimo disse...

eu tb gostaria q tivesse indicador de marchas

Anônimo disse...

SO ESPERANDO A MINHA CHEGARQ BLZA DE MOTO

Anônimo disse...

COLOCA INDICADOR DE MACHAR POR FAVOR AI SIM FICARAR COMPLETA MOTO DOS ANOS

Anônimo disse...

PELO AMOR DE DEUS VEY. INDICADOR DE MARCHA E PRA MOTO DE MININO!
UM BOM MOTOQUEIRO SABE A MARCHA QUE ESTA SO PELO BARULHO DO MOTOR!
ABRAXX

Anônimo disse...

a moto e boa mas o farol e muito fraco

Anônimo disse...

a mota e muito boa,bonita tenho uma maisnao anda...na passa de 120km..coxado....

Anônimo disse...

sou motoboy, trabalho com essa moto algum tempo.. e gostei d+ e a respeito do farol eu resolvi, coloquei uma h4 moto vision e foi precizo trocar o chicote, fora isso a moto e perfeita.... ate +++.

Anônimo disse...

Serve para Rally?

Anônimo disse...

FAROL NÃO PRESTA, ILUMINA QUASE NADA.

Anônimo disse...

a minha anda 140 jah...
tranquilo...

s.henrique90 disse...

A minha faz 25 por litro de gasolina, n passa de 100km/h.
Pessima Moto!!!
Farol nem comento, bateria n aguenta xenon.
Uma BIZ off road

Postar um comentário

*Não será permitido comentários com palavrões, discriminatórios.

Ocorreu um erro neste gadget